17 dezembro 2012

Nascida à Meia-Noite, por C.C. Hunter


Viram só, queridos? Eu estou me puxando para fazer resenha atrás de resenha para vocês! Chega: eu vou terminar os livros que eu li um pouquinho e parei porque os livros que nem marcações têm são muitos. Esse livro eu comprei antes mesmo de Tempest e só terminei a leitura agora. Ou seja, consegui demorar mais tempo para ler esse livro do que para ler Tempest. E haja tempo nisso aí!
C.C. Hunter, pseudônimo de Christie Craig, mora em Spring, no Texas, e é autora de livros do gênero sobrenatural da série Shadow Falls para jovens adultos. Ela também escreve romances de amor e comédia.
O livro fala sobre a história de Kylie, uma menina de dezesseis anos de idade que foi para uma festa radical demais e, mesmo não tendo feito nada de errado, acaba em uma delegacia de polícia. Com isso, sua psicóloga insinua aos seus pais, que estão passando por um divórcio nada amigável, que Kylie pode ser um pouco "problemática" e que o melhor para ela seria ir para um acampamento onde eles eram responsáveis por arrumar adolescentes desse tipo. O fato de Kylie estar vendo um sujeito assustador de farda que ninguém mais consegue ver contribui para a escolha de sua mãe, além do fato de esta ser tão fria quanto um picolé.
Assim, Kylie é enviada ao Acampamento Shadow Falls, onde, sem dúvida, as pessoas são bem mais do que "problemáticas". Já no caminho, a menina ouve histórias de fantasmas e sangue - muito sangue - e conhece os futuros colegas, um mais estranho do que o outro. Somos apresentados a Miranda, uma bruxa disléxica que transformou um professor tarado em um sapo (e não consegue desfazer o feitiço), Perry, um metamorfo que muda os olhos de cor praticamente de cinco em cinco minutos (que é mais um tarado que se transforma em bichos e fica espiando as meninas nas janelas de suas cabanas), Derek, um cara meio-fae (ele se diz fae para não o chamarem de simplesmente fada) que pode manipular sentimentos e se comunicar com animais, além de muitos outros sobrenaturais. Quando Holiday, uma das líderes do acampamento que é fada e também tem a capacidade de comunicar-se com fantasmas, abre os olhos de Kylie para este mundo desconhecido, percebe o quão diferente a menina é.
Para início de conversa, ninguém sabe o que Kylie é. Digamos que os sobrenaturais têm a capacidade de "ler as mentes" uns dos outros e reconhecer padrões que apontam a espécie da pessoa. Não apenas por isso, mas também porque Kylie não parece ter as características de nenhuma das espécies, ela permanece um mistério. Isso nos leva ao segundo ponto, porque a mente de Kylie tem um padrão completamente diferente de qualquer espécie. E os sobrenaturais também não conseguem ler a sua mente; isso a torna mal-falada, porque todos sabem que as pessoas que fecham suas cabeças aos outros são chamadas de rudes e são acusadas de esconder coisas. Mas Kylie não fecha a mente para ninguém, e isso é o mais estranho: ela está sempre tentando permitir que as pessoas leiam sua mente para descobrir se alguém sabe o que ela é.
E aí começa a parte chata do livro. Realmente, nada acontece até a página 265. Até aí tudo o que aconteceu foi uma introdução ao mundo sobrenatural e, principalmente, na chatice de Kylie em teimar não ser parte desse mundo. Algumas páginas nisso, eu aceitaria; 265, não. Tudo começa quando Holiday explica para Kylie que algumas vezes humanos comuns podem ver fantasmas se ele é muito poderoso e que a única explicação para o padrão estranho da mente dela seria um tumor no cérebro; ou isso combinado, ou ela é sobrenatural. Digamos que Kylie nega tanto que ela prefere acreditar na opção do tumor, mesmo com todos dizendo que ela era, sim, sobrenatural. Mas não adianta. Até muito mais da metade do livro, ela fica chamando todos de aberrações e a única pessoa que a convence de que ela não tem um tumor é Helen, uma fada com poder de cura. Ainda assim, Kylie continua dizendo para todos eu não sou sobrenatural.
Para falar a verdade, eu acredito que a pessoa que a fez aceitar que ela é diferente é Lucas (awn, Lucas!). Apesar de Derek tê-la feito ficar toda abobadinha, foi depois do beijo com Lucas que ela finalmente aceitou que poderia ser sobrenatural. Ela não disse nada sobre o assunto, mas quem leu o livro pôde sentir que ela mudou depois daquilo. Além disso, ao finalmente saber que Lucas lembra-se dela - um dia eles já foram vizinhos e ela a salvou de um grupo de valentões, apesar de que, o que a fazia sentir medo dele era o fato de que ela pensava que ele tinha matado seu gato, Socks, quando na verdade havia sido o pai dele -, é que ela começa a descobrir algumas verdades. Quero que ela fique com o Lucas, aquele lobisomem lindão, e não com a fadinha do Derek.
Depois da página 265, as coisas ficam boas. Ah, se ficam; os ataques aos animais da reserva é o melhor do livro inteiro (menos a parte que o Lucas tira o nome dela e eles vão até o riacho...)! Com uma revelação surpreendente, eu fiquei sem ar quando terminei de ler o livro. Necessito de Desperta ao Amanhecer!
Juntando tudo, acho que o livro merece 4 cupcakes. Se não fosse a chatice de Kylie quanto ao tumor, eu com toda a certeza teria dado 5. Mas, devido ao deslize de C.C. Hunter, o livro recebe essa nota. De qualquer jeito, eu recomendo muito!

10 comentários:

  1. Não é muito a minha praia, mas pareceu bem elaborado em detalhes. E gosto da maneira como você delimita espaços na resenha, mostrando páginas e trechos. Dá pra ver que você devorou, mas estudou o enredo também.

    Boas festas ;)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada! Acho que você é a primeira pessoa a realmente fazer um comentário sobre o modo como eu estruturo a resenha, e não da resenha em si. Foi bem construtivo, então, obrigada de novo!

      Excluir
  2. Tenho muita vontade de ler essa série, adoro romances sobrenaturais e esse mistério em volta da Kylie me chama muita atenção. Também já estou super curiosa para conhecer o Lucas e o Derek. ♥
    Adorei a resenha, flor, ficou um máximo.
    Ah, e por último, mas não menos importante, acabei de ver o novo layout do blog e ADOREI, ficou incrível, de verdade. Parabéns!
    Beijos!
    http://vidadaleitora.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Awn, obrigada! Ainda bem que você gostou do layout, deu bastante trabalho de editar! HAHA

      Excluir
  3. Achei o livro interessante, que me recorde nunca li um livro nesse estilo. Depois vou procurar para ver o preço rsrs
    Adorei a resenha.

    Beijos! http://enaspaginasdeumlivro.blogspot.com.br - Jacilene

    ResponderExcluir
  4. Adorei a resenha, mas não gostei de algumas partes que você soltou spoiler, o livro seria minha próxima leitura, mas irei adiar por causa de seu querido spoiler, rs.
    http://leituramagnifica.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ana, eu sei que eu soltei "spoilers". Agora, se você ler o livro neste momento, não vai interferir. Eu cuidei isso. É que o início do livro é monótono, eu não ia ter o que falar se resolvesse contar nada. Você pode ler o livro normalmente sem problema nenhum porque nenhum dos spoilers fazem alguma alteração na história. :)

      Excluir
  5. Hey! Gostei da resenha, me mostrou que o livro é bem melhor do que eu pensava e até me deixou com vontade de ler ;)
    Embora tenha essa parte lenta como tu disse ... realmente gostei do que foi dito sobre os personagens ... \o
    Mas, também não gostei de encontrar alguns spoilers, mesmo que não atrapalhem a leitura, as vezes estragam alguma surpresa ou algo que a gente estava esperando ... mas entendo que as vezes sem um mini spoiler não se consegue fazer uma resenha .-.

    www.moniitorando.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. Oi! Adorei seu blog! Estou seguindo, claro.
    Beijos
    Isa
    http://www.verbosdiversos.com/

    ResponderExcluir
  7. que tal aumentar suas visitas todo o dia sem precisa add nenhum código ou banner sim isso e possível e alem disso e grátis cadastre-se agora mesmo no Surfando Mais um site de divulgação de urls

    http://surfandomais.com

    novidade agora você pode ter ate 10000 mil visitas num mês

    não precisar coloca nenhum banner, não tem iframe , não tem vírus Surfando Mais e um Site para Divulgação de Blogs e Sites um site Seguro

    ResponderExcluir

Bookaholic, lembre-se de que eu amo uma boa opinião!
PS: divulgue apenas blogs literários. ♥